quinta-feira, 29 de setembro de 2016

You find yourself at my door, just like all those times before.
You wear your best apology but I was there to watch you leave.
And all the times I let you in just for you to go again, disappear.
When you come back everything is better.
The Last Time - Taylor Swift feat Gary Lightbody

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Harry Potter e as Relíquias da Morte
O elfo oscilou levemente, as estrelas refletiram em seus grandes olhos brilhantes. Juntos, ele e Harry olharam para o cabo de prata da faca espetada no peito arfante do elfo.
- Dobby… não… SOCORRO! - berrou Harry em direção ao chalé, às pessoas que se moviam lá. - SOCORRO!
Ele não sabia nem se importava se eram bruxos ou trouxas, amigos ou inimigos; só se importava com a mancha escura que se espalhava pelo peito de Dobby, e que o elfo estendera os braços finos para Harry com um olhar de súplice. Harry segurou-o e deitou-o de lado no capim fresco.
- Dobby, não, não morra, não morra…
Os olhos do elfo encontraram os seus e seus lábios se mexeram em um esforço para formar as palavras.
- Harry… Potter…
E, então, com um tremor, o elfo ficou muito quieto e em seus olhos eram apenas grandes globos vítreos salpicados com a luz das estrelas que eles já não podiam ver.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Eu quero casar com você, quero acordar do seu lado, quero brigar com você. Quero mandar você calar a boca mesmo sabendo que você não vai calar, e te calar beijando você. Quero provar todos os dias que eu te amo. Quero te fazer feliz, assim como você me faz. Quero fazer amor com você ouvindo você suspirar, falando meu nome. Quero que você não precise de mais ninguém, só de mim. Quero morrer de cansaço ao correr atrás de você, depois de uma guerra de travesseiros. Quero dormir com você naquele sofá apertado depois de assistir o seu filme preferido. Quero morrer de rir ao ouvir você me contando uma piada, por mais sem graça que seja. Quero te acordar com vários beijos. Quero dizer que te amo. Eu apenas quero te fazer feliz, como ninguém nunca fez. Quando desliguei o telefone pra lá das 04:00 horas da manhã, eu disse que sonharia com você, apenas pela certeza de que sua imagem linda, clara, fascinante, jamais sairia da minha cabeça… Ao me deitar eu estava pensando em ti, eu não sei se é sonho, eu não sei mesmo o que acontece, mas eu te sinto sempre, até enquanto durmo, sinto seu toque, sua voz, seu sorriso. Sinto e vejo tudo, meu misto de sonho e realidade, por que demorou tanto pra chegar? Eu guardei um sonho bom pra ti, essa noite toda foi perfeita, eu estive com você, da forma mais incrível, toquei seu coração, te dei o meu, e recebi o seu. Ao amanhecer sua imagem continuava nítida em minha mente, meio sonolenta acabei despertando pelo vibrar do celular, e era você. E tem sido você, e vai continuar sendo você. Por tanto tempo eu quis, e então você chegou. E entenda que eu não quero mais o travesseiro como companhia… É você que eu quero abraçar a noite inteira. Sentir seu carinho durante o sono, olhar para você enquanto estiver dormindo. Dar beijos no seu rosto só para te despertar. E de manhã, te dar um belo “bom dia” para ficarmos o resto do dia nublado, deitados. Eu quero que você se sinta a pessoa mais feliz do mundo, a única capaz de ser pra mim um sonho em noite de insônia. Mas eu sempre soube que mesmo distante você estaria aqui pertinho. Você pode não conseguir segurar minha mão pra me livrar da queda, mas estará na minha memória me fazendo esquecer a dor. E eu tô aqui, sabe? Pra conversar, brigar, rir, fazer loucuras. Não precisa me contar o que aconteceu ou porque você tá mal. Só me deixa tentar colocar um sorriso no seu rosto. Confesso que encontrei meu motivo pra sorrir. Encontrei alguém que eu queira dividir a minha cama, meu amor e minha vida. Encontrei alguém que aguentasse meu coração enjoativamente doce, e que suportasse meu humor incrivelmente amargo. Alguém que me visse cair sem que eu gritasse e me desse a mão sem eu pedir. Alguém que me abraçasse mesmo longe e me beijasse de cabeça baixa. Alguém que queira meu amor, mas que tenha minha amizade. Alguém que roube minha confiança e leve meu coração de brinde. Alguém que eu queira dormir de mãos dadas e acordar do lado. Alguém pra ser criança como eu, pra disputar quem aguenta ficar mais tempo sem ligar. Alguém que tenha teu tempo todo meu e minha vida toda dele. Alguém que deixe o mundo pra me dar um beijo. Alguém que encontrasse o que procurou a vida toda, aqui dentro de mim. Alguém pra eu contar meu dia e alguém pra falar “te amo”. Alguém pra ser meu, de um jeito bem clichê. Alguém pra eu viver aquilo tudo que eu julgava besteira e que hoje é tudo que eu tenho. Eu quero você. Digo, repito, falo outras mil vezes. De trás para frente, de frente para trás. De canto, de lado, da maneira que for. Eu quero você. Que tenha clichê, ciúmes, malícia, sacanagem, egoísmo, afeto, loucuras, falhas, erros, acertos, perdões, beijos, abraços, pegação, sexo, amor, transa, filme juntinho, dormir de conchinha, mãos dadas, que tenha todas as coisas do mundo, mas que seja apenas entre eu e você. Acho que dá pra perceber o quanto você me faz feliz, não é? Acho que já notaram que você é o amor da minha vida, e que é com você que eu quero passar minha vida toda. Tá tão na cara que eu sou completamente louca por você, completamente fascinada pelos seus olhos. E sim, isso tudo é verdade. Porque não há mais ninguém nesse mundo que eu ame mais que você, não há outra pessoa nesse mundo que eu queira estar junto, a não ser você. Não quero mais nada nem mais ninguém. Antes de lhe conhecer eu sempre quis alguém assim, como você. Alguém que fosse tudo de lindo que você é. Alguém que tivesse tudo de mágico que você possui. E eu ganhei um presente: você. De um modo incomum, de um jeito estranho, mas real. É que parece que quanto mais eu escrevo sobre nós, mais eu preciso escrever. O que você faz comigo hein? Como você consegue me deixar assim? Não, eu nunca me senti assim. Não desse jeito. E eu não vou deixar você ir, nunca. E muito menos irei embora também. Não quero que você me largue. Não quero te largar. Não quero ter motivos pra ir embora, pra te deixar falando sozinho, pra bater o telefone na sua cara… Eu fiz isso com todos os outros. É, só que dessa vez eu queria muito que fosse diferente. Dessa vez, com você, eu quero que dê certo. Você é o meu porto seguro. Porque eu sei que vai estar aqui por mim. Sempre me espera. Sempre me acalma. Não leva tudo o que eu digo a sério e me perdoa se eu erro. Você está aqui, até quando eu não mereço ou não espero. Eu não sei exatamente o porquê você sempre volta, mas eu gostei de todas as vezes que você voltou. Acho que o “pra sempre” é o tempo ideal pra curtirmos nosso amor. Eu sou tão feliz em dizer como a vida é maravilhosa, já que você está comigo. E pra te falar ainda mais a verdade, eu acho mesmo que você foi o príncipe que eu esperei a vida inteira. Porque eu te juro, de todas as coisas do mundo, eu só queria olhar pra você. Eu escolheria você. Se me dessem um último pedido, eu escolheria você. Mas eu amo você. Só queria terminar dizendo isso. Eu amo você. De verdade.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

"A vida é incontornável. A gente perde, leva porrada, é passado pra trás, cai. Dói, ai, dói demais. Mas passa. Está vendo essa dor que agora samba no seu peito de salto agulha? Você ainda vai olhá-la no fundo dos olhos e rir da cara dela. Juro que estou falando a verdade. Eu não minto. Vai passar."

quinta-feira, 30 de julho de 2015

"Um aeroporto já viu mais beijos sinceros que um casamento. Hospitais já ouviram mais orações sinceras do que várias igrejas."

segunda-feira, 27 de julho de 2015

"Nunca, jamais, por hipóteses nenhuma nos deixe dormir brigados. Mesmo que você esteja discutindo de olhos fechados pelo sono, precisa me prometer que irá me abraçar e dizer algo do tipo: 'amanhã podemos continuar brigados, mas agora quero que você saiba que é o amor da minha vida'."

sexta-feira, 17 de julho de 2015

"Ainda não contei de você a ninguém. Acho meio arriscado ou, quem sabe, mera superstição. Eu sei que as pessoas vão me pedir cuidado. Assim me guiei por uma vida toda e foi exatamente isso que hoje me faz uma pessoa contando uma história de amor sem nunca ter protagonizado uma. De um jeito ou de outro, sempre soube que pegar leve era uma forma de me manter todas as minhas metades comigo mesma, até então sem saber pra quê servia isso. Só pude ver o tamanho do erro no seu sofá-cama, no meio de um beijo estranho. Você engolindo minhas lágrimas bobas, lambendo minhas bochechas nos créditos de “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças”, que, aliás, a única coisa que entendi do filme é que o amor é uma coisa bem complicada. Você tentou me explicar por partes, e eu me senti menos burra e ridícula, embora com os olhos ainda aguados. Pega no meu queixo e diz que não sou só eu que sinto medo aqui. Faça alguma coisa ruim, qualquer coisa que me impeça imediatamente de sentir esse amor absurdo por você. Estou nas suas mãos e isso não é uma metáfora. Porque eu já não sei mais nada. Parece que sou mesmo seu foco de vida, mas também pode ser que você ande apenas distraído do resto do mundo. Ou, vai que você tá mesmo certo, as coisas são assim mesmo, o amor invade pela boca enquanto a gente se olha e fica rindo."

quinta-feira, 9 de julho de 2015

"Dizem por aí, mas não tenho certeza, que meu sorriso fica mais feliz quando te vejo, dizem também que meus olhos brilham, dizem também que é amor, mas, isso sim é certeza."

segunda-feira, 6 de julho de 2015

"Bonito mesmo é quando alguém entra na sua vida e do nada se torna tudo aquilo que você precisava."

segunda-feira, 29 de junho de 2015

"Sempre achei que quando “é pra ser” a vida nos manda alguns recados, alguns sinais. Você sempre achou meio boba essa minha mania de esperar um sinal, uma resposta. Mas, sabe, eu acredito mesmo nisso. Acho que quando tem que ser, simplesmente é. É simples, é inteiro, é intenso. Não tem linhas em branco, nem mágoas escondidas atrás das portas."

Clarissa Corrêa

quinta-feira, 25 de junho de 2015

"O amor verdadeiro sempre espera um pouco mais pelos abraços atrasados."

terça-feira, 16 de junho de 2015

"Metade de mim agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim.
E o fim é belo incerto... Depende de como você vê.
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só"
O Anjo Mais Velho

segunda-feira, 15 de junho de 2015

"A cada relação frustada, o coração se torna mais frio. A partir do momento que o primeiro deixou de ser "especial", todo os outros passam a ser suspeitos. Se prometeu ficar, fique!"

terça-feira, 9 de junho de 2015

"A gente tem é que se amar muito, se respeitar muito pra chegar para o outro e dizer: se é isso que você me oferece, agradeço, mas recuso. Não quero esse pouco. Não quero essas partes. Não quero a sua metade. Vem inteiro, completo. Ou não vem. Ou nem te apresenta. Ou pega teus brinquedos e sai logo daqui."

segunda-feira, 8 de junho de 2015

"A gente demora pra aceitar, arruma novecentas desculpas para a falta de jeito do outro. Ah, ele é confuso. Ah, ele está tenso. Ah, ele tem medo. Ah, ele é maluco. Ah, ele isso. Ah, ele aquilo. Desculpa, mas quem quer estar junto pensa ah, que saudade. Ah, que falta ela me faz. Quem gosta, gosta. Sem complicações. Sem armações e armaduras"

sábado, 6 de junho de 2015

"Fala que vai compensar pelas noites de sono perdidas, pelas lágrimas desperdiçadas no travesseiro, pelas dores de cabeça, pelos cortes, por tudo. No fundo ela só espera um sinalzinho verde pra não desistir, uma confirmaçãozinha de que você ainda tá nessa junto com ela."

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Faz um mês que você mandou aquela mensagem ridícula pedindo desculpas pela demora em responder e dizendo que achava que já havia me respondido.
Faz um mês que eu entendi que certas coisas mudam e não há nada que possamos fazer.
Um mês que eu disse "CHEGA, não aguento mais esse joguinho ridículo".
Um mês que eu não falo contigo, não tenho notícias, e tento não pensar no assunto.
E faz um mês também que eu conheci alguém.
Não sei até que ponto uma coisa está ligada a outra, o que eu sei é que esse tempo sem ter notícias suas tem sido o melhor mês desse ano. Sem lágrimas, sem dor, sem estresse, sem TOC, sem ansiedade, sem complicações.
Estar com alguém é um desafio enorme, mas dessa vez tem sido tão fácil... E me trouxe uma paz... Por mais que eu não queira, é inevitável não fazer comparações. E é incrível como alguém que me conhece há um mês me trata infinitamente melhor do que alguém que me conheceu há 10 anos.
E o pior é que eu não estou acostumada a ser bem tratada e a receber carinho. Estou me acostumando a tudo isso.
- Engraçado, acabei de receber uma mensagem, "tô passando aí no teu estágio". Aquelas "surpresas" com as quais você tanto sonhou começam a acontecer. -
Tudo que eu precisava era dizer tchau para você.
Desde então, a vida foi pra frente de novo.
"Todas as vezes que te pego me olhando, todas as vezes que meu celular mostra teu nome, todas as vezes que eu sinto o teu perfume meu mundo grita que você me resgatou, que eu tava estragada e você arrumou tudo em mim."

segunda-feira, 1 de junho de 2015

"Se eu gosto, gosto como você é, mesmo que você seja chato de vez em quando. Se eu quero, quero mesmo, mesmo que todos digam para não querer."

sexta-feira, 29 de maio de 2015

"Posso te levar pra casa com segurança depois de uma noite de bebedeira, posso matar os insetos minúsculos dos quais você morre de medo, posso te proteger do frio, cuidar de você quando pegar gripe, me certificar de que você tá comendo direitinho… Mas não posso te salvar de você mesma."

quinta-feira, 28 de maio de 2015

"Se quiser ir, que vá. Só não me venha com essa conversa fiada me dizendo que qualquer dia a gente se encontra em uma dessas curvas da vida, até porque, eu jamais irei te visitar na esquina do arrependimento. E se eu for, estarei muito bem acompanhado."

quarta-feira, 27 de maio de 2015

- Estou dizendo tudo isso por um motivo - prossegue ela. - Tem mais ou menos umas vinte pessoas lá na sala de espera. Algumas são da sua família, outras não. Mas todos nós somos a sua família agora.
Kim interrompe a fala. Inclina-se para se aproximar de mim e as mechas do seu cabelo fazem cócegas no meu rosto. Ela me dá um beijo na testa.
- Você ainda tem uma família - sussurra.

Se eu ficar,  página 182.

terça-feira, 26 de maio de 2015

"Eu sou sim a pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má e tirar as correntes da cobrança do meu peito. Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico, meia bomba. E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo a tudo e a todos. Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve. Mas dá realmente pra ser assim?"

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Não importa o número de festas em que você vá, uma hora você vai cansar de segurar copos e vai querer segurar a mão de alguém.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Tudo que tenho a dizer.
E se maio tá assim, imagina no inverno.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

"Não mereço uma pessoa que não sabe o que quer. Mereço certezas. Mereço que seja recíproco. Não quero alguém que me bajule o tempo todo. Não precisa abrir porta de carro, oferecer diamantes, pagar o jantar. Só precisa ser sincero. E real. E, principalmente, se entregar por inteiro. Porque não estou aqui para receber metade de nada."

domingo, 17 de maio de 2015

"Daí, penso também outra coisa de gente grande: não adianta muito você se enfeitar todo pra uma pessoa gostar mais de você. Porque, se ela gostar, vai gostar de qualquer jeito, do jeito que você é mesmo, sem brilhos falsos."